O SEU JORNAL ON LINE: Email: portaldojunnior.blogspot.com



A SUA VISITA NOS ENGRANDECE

´Email: portaldojunnior@gmail.com: WhatsApp : 86- 9912 6969

sexta-feira, 6 de março de 2015


Ator Harrison Ford sofre acidente de avião na Califórnia

O ator Harrison Ford, 72 anos, sofreu um acidente de avião nesta quinta-feira (5) em Venice, na Califórnia, segundo o site especializado em celebridades TMZ. Ele sofreu múltiplos ferimentos e foi socorrido por uma equipe de emergência para o hospital mais próximo. Harrison estava pilando o avião de dois assentos quando a aeronave caiu em um campo de golfe. Dois médicos que estavam no local prestaram os primeiros socorros. Ainda não se sabe se o ator estava decolando ou posando quando o acidente aconteceu. Não é a primeira vez que o ator, entusiasta da aviação, sofre um acidente.

Cantor da dupla Hugo e Tiago se envolve em acidente em Botucatu


O cantor Hugo Alves (esquerda na foto), da dupla Hugo e Tiago, se envolveu em um acidente entre dois carros, na madrugada desta quinta-feira (5), na Rodovia Marechal Rondon, em Botucatu (SP). O músico, de 30 anos, não se feriu. Segundo a polícia, a colisão frontal foi em um trecho de pista simples da rodovia. Os dois ocupantes do outro veículo tiveram ferimentos leves e foram socorridas ao hospital. Eles receberam atendimento e foram liberados. Ainda segundo a Guarda Civil Municipal, ninguém apresentava sinais de embriaguez, por isso não foi feito o teste do bafômetro. O cantor estava sozinho no momento do acidente, segundo a assessoria de imprensa da dupla. Hugo mora em Botucatu e seguia para Piracicaba para um compromisso profissional.
G1

Mulheres brasileiras passam mais tempo no celular do que os homens

As mulheres brasileiras gastam mais tempo em aparelhos como celular, tablets e pcs e estão mais conectadas, quando comparada aos homens. Essa é a uma constatação do relatório Connected Life da TNS, que entrevistou 963 pessoas em todo o Brasil. O estudo é realizado em mais de 52 países e 56 mil entrevistas para detectar e analisar o comportamento dos consumidores no ambiente digital. O levantamento da TNS dividiu os brasileiros em quatro grupos: funcionais (38%), Observadores (12%), Conectores (12%) e Líderes (38%). Na análise da TNS, as mulheres gastam 3 horas e 48 minutos no celular enquanto os homens, 3 horas e seis minutos. A média de aparelhos varia entre 3.8 e 4 em ambos os sexos. No Brasil, geralmente as mulheres são “Conectores” e representam 60% da amostra. Esse perfil é forte consumidor de mídia social e o envolvimento digital é parte importante de suas vidas. Já as mulheres com perfil “Líderes” representam 56% da amostra e são mais jovens (16-34 anos) com renda mais alta e consideras alvo porque possuem alta influência digital e alto envolvimento social. As brasileiras classificadas no grupo “Funcionais” representam 51%. Esse perfil possui baixo envolvimento e influência digital. Já os “Observadores” representam 44%, mas o perfil é representado em sua maioria por homens, 53%, geralmente com renda mais alta e consomem diferentes categorias de produto.

Ministério da Justiça indeniza no PI única mulher perseguida pela ditadura

A advogada Iracema Santos Rocha, única mulher piauiense presa e perseguida pelo regime militar foi indenizada pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (5).
Ela irá receber uma pensão e será indenizada em mais de R$ 150 mil pelas torturas no período da ditadura. 
Iracema Santos Rocha, 87 anos, é professora, jornalista e recebeu a notícia da anistia do Ministério da Justiça. Ela ficou presa por cerca de 30 dias no quartel do 25º BEC durante o período de chumbo e sua família foi perseguida.
Durante o regime militar, Iracema Santos perdeu os empregos de professora da Ufpi (Universidade federal do Piauí) e o cargo no Incra. 
Ela era presidente da Liga Feminina Trabalhista.
Anistia – A Lei da Anistia Política foi promulgada em 1979, no governo do presidente João Baptista Figueiredo, para reverter punições aos cidadãos brasileiros que, entre os anos de 1961 e 1979, foram considerados criminosos políticos pelo regime militar. A lei garantia, entre outros direitos, o retorno dos exilados ao país, o restabelecimento dos direitos políticos e a volta ao serviço de militares e funcionários da administração pública, excluídos de suas funções durante a ditadura.
Em 2002, uma nova lei foi promulgada para ampliar os direitos dos anistiados. Ela vale para pessoas que, no período de 18 de setembro de 1946 até 5 de outubro de 1988, foram punidas e impedidas de exercerem atividades políticas. Entre outros direitos, a anistia garante o pagamento de indenização.
cidadeverde.com

 Sistema de esgotamento do Mercado da Caramuru de Parnaíba recebe melhorias

O sistema de esgotamento do Mercado da Caramuru está passando por obras de melhorias, com o objetivo de tornar o espaço ainda mais higienizado e mais adequado para comercialização de alimentos em geral. A medida atende a reivindicações dos comerciantes, que agora passam a contar com uma interligação das fossas do mercado conectadas diretamente à rede de esgoto da Agespisa. 
O objetivo da intervenção é eliminar qualquer acúmulo externo de resíduos. A iniciativa é uma ação da Prefeitura de Parnaíba, através da Empresa Parnaibana de Supervisão e Abastecimento (EMPA) e deverá reduzir a proliferação de insetos no mercado. 
As ações tiveram início nesta quarta-feira (04) e foram intensificadas até o fim da noite para evitar a obstrução do trânsito na Avenida Pinheiro Machado. As obras continuam, mas o trânsito já está liberado para o tráfego de veículos no local.
Ascom PMP

Para as próximas eleições, Mão Santa já estuda disputar o cargo de vereador

O ex-senador Mão Santa está propenso a disputar uma cadeira de vereador nas próximas eleições. Essa é uma das possibilidades que é levantada dentro do grupo que rodeia o líder político, que a essa altura, depois de muitas derrotas, já não é tão grande.
Ele próprio admite essa possibilidade, embora sustente que estude sair candidato a prefeito de Parnaíba pelo PSC.
Porém, optando por se candidatar à uma vaga na Câmara Municipal, ele avalia que não é nenhum demérito político para quem já foi duas vezes governador e uma vez senador da República.
DUAS POSSIBILIDADES
Preocupado com a falta de mandato e de visibilidade, se vier mesmo a escolher disputar uma vaga no legislativo municipal, é estudada ainda a possibilidade da disputa ou ser em Parnaíba, ou ser em Teresina.

Convite de celebração da missa 7º Dia.

Familiares de 'Maria do Socorro Furtado da Costa', ainda consternados com o seu falecimento, convidam a todos para missa de 7º Dia a ser realizada nessa sexta-feira, dia 06, às 17hs, na igreja da Santa da Casa de Misericórdia no centro da cidade de Parnaíba.

A família enlutada agradece desde já a presença de todos neste ato de fé e piedade cristã. 

quinta-feira, 5 de março de 2015

* Tribunal de Justiça do Maranhão: Convite para audiência pública.



* O Excelentíssimo  Juiz da comarca de São Bernardo, Dr. André Everton Martins, respaldado em ofício do Tribunal de Justiça abaixo anexado, convida toda a sociedade organizada e civil desta cidade e as demais vizinhas, para uma audiência pública que vai acontecer no dia 12 de março no auditório da Faculdade FAP, no centro de Chapadinha-MA. Outras informações no ofício desta edição.




* Corpo de funcionários da Justiça de São Bernardo: Dênis Franklin, Milena, Dr. André. Michel, Dr. Félix, Wernek, Bernardo Edson, Guilherme, Socorro, Mazé.


Jovem gay é atirado de prédio pelo Estado Islâmico e multidão assiste

Segundo o “Daily Mail”, a multidão estava aos gritos, disputando uma visão melhor da execução
O Estado Islâmico continua com suas ações para dominar a Síria. As imagens publicadas no Twitter do “Raqqa”, um grupo que deseja provar ao mundo que a população da Síria está sendo massacrada, mostra um jovem sendo atirado de um edifício sob a acusação de ser homossexual. Esse mesmo grupo também publicou as fotos de um ladrão tendo a mão decepada por militantes.
Segundo o “Daily Mail”, a multidão estava aos gritos, disputando uma visão melhor da execução. O jovem foi atirado do prédio, bem alto, com os olhos vendados. Essa é uma prática comum do ISIS, sigla em inglês para o Estado Islâmico, nos lugares onde deseja impor suas leis. Em janeiro, dois homens também acusados de serem gays foram atirados do alto de um prédio no Iraque. No mês passado, outras imagens de execuções de gays também foram divulgadas.
Ainda segundo o Daily Mail, em dezembro passado, o Isis também divulgou imagens chocantes de homens acusados de estupro sendo crucificados. Os apontados como homossexuais têm sido arremessados dos prédios mais altos das cidades. Eles são acusados de cometer atos de sodomia. Um dos homens atirados em fevereiro sobreviveu à queda, mas acabou sendo apedrejado pela multidão.
Fonte: Extra Online

CONVITE/MISSA

SRA.  MARIA JOSÉ E FAMÍLIA CONVIDA A TODOS PARA PARTICIPAREM DA MISSA DE 01 ANO DE FALECIMENTO DE SEU MARIDO ALDI SOUSA. DIA 07 DE MARÇO,  NA IGREJA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, ÀS 19:00h.

SAÚDE EM EVIDÊNCIA


OMS QUER IMPOSTOS SOBRE REFRIGERANTES PARA REDUZIR CONSUMO DE AÇUCAR

Açúcar: Segundo estudo alemão, níveis elevados de glicose no sangue são prejudiciais à memória
Açúcar: para a OMS, o ideal é que o açúcar não represente mais de 5% do consumo diário de calorias de uma pessoa
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta quarta-feira, por meio de uma nova diretriz, que o açúcar não represente mais de 10% do consumo diário de energia de uma pessoa, sob o risco de causar problemas de saúde. Reduzir essa porcentagem para 5% proporciona efeitos positivos adicionais. Essa taxa equivale a 25 gramas de açúcar por dia (cerca de seis colheres de chá), ou 100 das 2 000 calorias diárias recomendadas para um adulto diariamente.
Para a entidade, governos precisam restringir a publicidade infantil e elevar impostos sobre produtos ricos em açúcar, como refrigerantes e alimentos processados. Outra medida sugerida é reforçar leis sobre a etiquetagem de produtos para incluir detalhes sobre o volume de açúcar. A OMS pede que governos e indústrias de alimentos negociem uma redução na quantidade de açúcar nos alimentos processados.
A proposta aos governos é fruto de um trabalho de doze meses que incluiu especialistas de todo o mundo, incluindo a Universidade de São Paulo (USP). “Temos evidências sólidas de que manter o consumo de açúcar abaixo de 10% do consumo de energia reduz os riscos de sobrepeso, obesidade e problemas dentários”, disse Francesco Branca, diretor da OMS para Nutrição. “Fazer mudanças em políticas nessas áreas será fundamental se governos quiserem atingir suas metas de redução de doenças não-transmissíveis.”
A recomendação da OMS não inclui o consumo de frutas e legumes em seus cálculos e nem o açúcar presente no leite. Ela se refere aos açúcares adicionados a bebidas e alimentos industrializados. De acordo com a entidade, grande parte do consumo está “escondida em alimentos processados e que não são vistos normalmente como doces”.

NOTÍCIAS NACIONAIS


(Foto reprodução/Google)
Cerca de 45 políticos de vários partidos são alvos dos pedidos de abertura de investigação feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), informou nesta quarta-feira (4) o Jornal Nacional.
Entre as suspeitas sobre esses políticos, há crimes como corrupção e lavagem de dinheiro, investigados na Operação Lava Jato, que apura pagamentos de propina e desvio de dinheiro da Petrobras.
O Jornal Nacional apurou que dois dos nomes são os dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ambos dizem não ter conhecimento de que estejam entre os alvos dos pedidos de investigação (veja no vídeo ao final desta reportagem).
lista foi entregue nesta terça (4) ao ministro Teori Zavascki, relator das apurações da Operação Lava Jato no STF. Foram apresentados 28 pedidos de abertura de inquérito referentes a 54 pessoas, dentre as quais autoridades e suspeitos sem foro privilegiado. Entre as suspeitas relatadas, há crimes como corrupção e lavagem de dinheiro.
Janot também protocolou sete pedidos de arquivamento. O trabalho de análise dos documentos já começou no gabinete de Zavascki. O ministro e a equipes estão analisando cinco caixas de documentos enviados por Janot.
A expectativa é de que a análise seja concluída até o fim de semana e, logo em seguida, sejam conhecidos oficialmente os nomes e as suspeitas sobre cada um dos políticos.
De acordo com o critério definido pelo procurador-geral, para serem investigados, os políticos precisam ter sido citados nas delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Yousseff como beneficiados pelo esquema de corrupção na Petrobras.
Nos casos em que não há indícios de crime, Janot pediu o arquivamento. Se os pedidos forem aceitos e os inquéritos abertos pelo STF, os procuradores e a Polícia Federal poderão iniciar uma nova etapa nas investigações.
Segundo os investigadores, o trabalho, que está apenas no começo, pode identificar mais nomes de políticos suspeitos de terem se beneficiado do esquema de corrupção na Petrobras.
No Ministério Público Federal, o trabalho agora é preparar os pedidos que serão encaminhados ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Pelo menos um deles deve ser para investigar um governador citado nas delações. (G1)
(Foto Itamar Miranda/Estadão Conteúdo)
Onze anos depois, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu nesta quarta-feira o julgamento de um habeas corpus que mantinha em liberdade o empresário Sérgio Gomes da Silva, conhecido como Sombra, acusado pelo Ministério Público de São Paulo de ser o mandante do assassinato do ex-prefeito de Santo André (SP) Celso Daniel (PT), em 2002. Sombra chegou a ser preso, mas estava em liberdade por efeito liminar do habeas corpus desde 2004. Ele faz tratamento contra um câncer. O Supremo também rejeitou a tese da defesa, segundo a qual a ação deveria ser completamente anulada.
Último dos ministros do Supremo a votar após um pedido de vista dos autos, o presidente da corte, Ricardo Lewandowski, decidiu que Sombra deve continuar solto e responder ao processo penal em liberdade, ao contrário do pleito do Ministério Público, que requeria a prisão preventiva do réu por homicídio qualificado. Em julgamentos anteriores, o Tribunal de Justiça de São Paulo e o Superior Tribunal de Justiça haviam rejeitado o habeas corpus. A ministra Rosa Weber acompanhou o voto do presidente do STF, cujo entendimento formou maioria no plenário. Foram contra os ministros Ayres Britto e Cezar Peluzo, ambos aposentados, e a ministra Cármen Lúcia.
Em seu voto, Lewandowski negou os argumentos dos advogados de Sombra, que pretendiam anular o processo sob argumento de que a denúncia teria sido baseada apenas em investigações realizadas pelo Ministério Público. Assim, Sombra continuará a responder à ação penal. Partes das diligências e da instrução do processo, porém, terão de ser refeitas, conforme decisão de dezembro passado da primeira turma do STF, que anulou uma série atos processuais a partir do interrogatório dos réus. Seis acusados já foram presos depois de condenados no Tribunal do Júri de Itapecerica da Serra (SP). As penas individuais variaram de 18 a 24 anos de prisão. Nada mudará em relação a eles, disse à época o juiz titular da Vara do Júri de Itapecerica da Serra.
Apesar de o voto de Lewandowski ter concluído o julgamento de mérito do recurso, o STF acabou não emitindo parecer sobre uma questão de fundo que serviu de linha mestra para o habeas corpus impetrado pelos defensores: o questionamento sobre o poder de investigação criminal do Ministério Público.
O crime - Prefeito de Santo André e escolhido para coordenar a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Celso Daniel foi sequestrado ao sair de um restaurante na Grande São Paulo e morto em circunstâncias misteriosas em janeiro de 2002. O caso chocou o país. As investigações também: seguindo um estranho roteiro, a procura pelos assassinos esbarrava sempre em evidências de corrupção. E mais mortes. Sete pessoas ligadas ao crime morreram em circunstâncias também misteriosas, entre acusados, testemunhas, um agente funerário, um investigador e o legista do caso.
Para a polícia, Celso Daniel foi vítima de crime comum: extorsão mediante sequestro, seguido de morte. Essa também é a versão do PT. Já familiares afirmam desde o início do caso que a morte do prefeito é um crime político em torno de um esquema de propina em Santo André que era do conhecimento da cúpula petista – o embrião de esquemas mais sofisticados de corrupção colocados em prática depois que o PT chegou ao poder.​ (Veja)
Arquivo Digital:
Aécio Neves durante discurso no Senado
Aécio Neves durante discurso no Senado(Geraldo Magela/Agência Senado/Divulgação)
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido de arquivamento de investigação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), presidente nacional do PSDB. O nome de Aécio integra a lista de autoridades que o chefe do Ministério Público Federal diz não ter encontrado indícios suficientes de participação no escândalo do petrolão.
“Recebo como uma homenagem o arquivamento. Houve uma tentativa de envolver a oposição [no petrolão]“, disse o senador.
Durante acordos de delação premiada, o tucano foi citado de forma genérica e sem a apresentação de indícios mínimos, segundo avaliação de Janot. Em um dos casos, o doleiro Alberto Youssef disse que uma construtora teria pressionado o tucano a conter os trabalhos da CPI da Petrobras instalada no Congresso no ano passado. Outra menção faz referência a um possível envolvimento de uma empresa estatal, na época em que Aécio era governador, com a empresa de fachada MO Consultoria, vinculada a Youssef. Em ambos os casos, Janot considerou não haver indícios sequer para pedir o prosseguimento das investigações.
Na noite desta terça-feira, Rodrigo Janot encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) 28 pedidos de investigação contra 54 pessoas, incluindo parlamentares suspeitos de terem recebido propina no escândalo do petrolão e autoridades sem direito a foro privilegiado. Houve sete pedidos de arquivamento, entre eles o do senador Aécio Neves. Os nomes dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estão entre as autoridades alvos de pedidos de abertura inquérito pelo chefe do Ministério Público.
Apesar dos pedidos, a identidade da maior parte dos deputados e senadores apontados como beneficiários do petrolão ainda é mantida em sigilo. O relator do caso no STF, ministro Teori Zavascki, pretende nos próximos dias dar ampla publicidade aos nomes das autoridades investigadas, determinando que fiquem em segredo apenas situações que possam atrapalhar o andamento das apurações – como quebras de sigilo, grampos telefônicos e buscas e apreensões. 
Guido Mantega durante o Fórum Ecônomico Mundial, em Davos
Guido Mantega durante o Fórum Ecônomico Mundial, em Davos(EFE/VEJA)
Ainda bem que em outubro de 2014 Guido Mantega era só um ministro da Fazenda demitido no cargo e não um analista de cenário político-econômico. Em uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o petista fez a seguinte afirmação sobre a possibilidade de alta do dólar em caso de vitória da presidente Dilma Rousseff nas eleições do ano passado: “Se alguém tentar fazer isso [apostar na valorização do dólar] vai quebrar a cara. (…). Somos poderosos nessa área”. Quando Mantega disse isso, a moeda americana era cotada em 2,43 reais. Nesta quarta-feira, chegou ao patamar de 3 reais pela primeira vez em mais de uma década. Quem fez o contrário do que o ministro Mantega pregou se deu bem. Alguém que tenha comprado 1 000 dólares no dia da entrevista, por exemplo, lucrou 570 reais de lá para cá. É o resultado de ter um ministro de saída na cadeira. 
Dalton dos Santos Avancini, presidente da Camargo Correa
Dalton dos Santos Avancini, presidente da Camargo Correa terá que explicar sobre possível propina a José Dirceu(Valor/VEJA)
O presidente da Camargo Corrêa, Dalton Avancini, deverá confirmar aos investigadores da Operação Lava Jato que a empresa pagou propina ao ex-ministro José Dirceu. Foi justamente Avancini quem assinou, acompanhado de outro diretor, um contrato de consultoria com Dirceu, pelo qual o mensaleiro recebeu 886.500 reais líquidos para prestar serviços vagos, como “fazer análise de aspectos sociológicos e políticos”. A suspeita é que os desembolsos fossem, na verdade, recompensa pelo favorecimento à empreiteira em contratos fechados com o governo federal.
Detalhar o pagamento a Dirceu é uma das exigências impostas pelos negociadores do acordo de delação premiada fechado com Avancini. Mentir ou omitir informações resultará na perda dos benefícios. Pelo acordo, Avancini se comprometeu a pagar multa de 5 milhões de reais e poderá cumprir prisão domiciliar quando terminar de ser ouvido. Os depoimentos devem começar na quinta-feira.
O ex-ministro é investigado em inquérito da Polícia Federal desde o fim do ano passado. Os investigadores analisam todos os pagamentos feitos não só pela Camargo Corrêa, mas também por outras empreiteiras do Clube do Bilhão, confirmados pela quebra do sigilo fiscal do mensaleiro.
Além da consultoria ser considerada um disfarce para o suborno, a investigação já tem indícios de que Dirceu recebeu pagamentos em espécie, de acordo com depoimento em delação premiada do doleiro Alberto Youssef. Ele relatou que Dirceu utilizava um avião do lobista Júlio Camargo, outro delator da investigação. Camargo, no entanto, escondeu dos investigadores o relacionamento com Dirceu e, se confirmado que omitiu informações, pode perder os benefícios de acordo de delação premiada. 
NO SUPREMO - Teori Zavascki: "messianismo judicial inconsequente"
O ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki(Fellipe Sampaio/SCO/STF/VEJA)
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), pretende analisar até a próxima sexta-feira (6) os pedidos de abertura de investigação contra parlamentares suspeitos de terem recebido propina no escândalo do petrolão e deve revogar, na mesma decisão, os sigilos dos processos contra deputados e senadores. Também na sexta, o magistrado deve formalizar os sete pedidos de arquivamento feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, incluindo o que cita o senador Aécio Neves (PSDB-MG), e ainda determinar a realização de diligências para a produção de provas complementares contra os congressistas.
Na noite desta terça-feira, o chefe do Ministério Público Federal encaminhou ao gabinete de Zavascki cinco caixas de documentos com informações e indícios sobre políticos e outras autoridades apontadas como beneficiárias do sistema de fraudes e desvios de recursos na Petrobras. No total, foram 28 pedidos de investigação contra 54 pessoas, incluindo deputados, senadores e pessoas que não têm direito ao chamado foro privilegiado.
A partir das delações premiadas do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, foram abertas no STF 42 petições para facilitar catalogar as suspeitas. Os dois principais delatores da Operação Lava Jato apontaram deputados, senadores, governadores e ex-governadores que recebiam propina a partir do esquema de cartel de empreiteiras que atuava na estatal do petróleo.
Com a chegada dos inquéritos sobre políticos citados como beneficiários do petrolão, o Ministério Público vai fundamentar as prováveis denúncias. Se elass forem aceitas, a análise de futuras ações penais contra deputados e senadores que embolsaram propina caberá à Segunda Turma do STF, atualmente composta pelos ministros Teori Zavascki, Cármen Lúcia, Celso de Mello e Gilmar Mendes. O Plenário da Corte, por sua vez, julgará possíveis denúncias contra os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Eduardo Cunha, ambos do PMDB. O procurador-geral pediu abertura de inquérito contra ambos. 
dilma e temer
O assunto foi Renan Calheiros
Após ignorá-lo na reunião com os líderes aliados de manhã (leia mais aqui)Dilma pediu ajuda aMichel Temer, agora há pouco, para aplacar a ira de Renan Calheiros. Os dois se reuniram no gabinete presidencial no Planalto, a pedido dela.
Não será fácil. A exemplo do que fez com Dilma e com Aloizio Mercadante, Renan também não atendeu Temer ontem pelo telefone.
Hoje, Temer já enviou um recado por meio de um intermediário, para tentar tirar o acuado Renan Calheiros do isolamento.
A propósito, Renan cismou que foi José Eduardo Cardozo quem envenenou Rodrigo Janot contra ele. 
Por Lauro Jardim
(Foto reprodução/Google)
Em média, o consumidor brasileiro inadimplente está com o nome sujo há aproximadamente dois anos, deve para 3,7 diferentes empresas, adquiriu essas dívidas por meio do cartão de crédito e de lojas e tem um débito total de R$ 21.676 junto às empresas credoras – já embutidas as multas e as taxas cobradas pelo atraso.
Esse valor corresponde a 768% da renda familiar mensal de um consumidor entrevistado na pesquisa, de R$ 2.822.
Os dados são de uma pesquisa sobre A Recuperação de Crédito no Brasil, encomendada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pelo Portal de Educação Financeira Meu Bolso Feliz, realizada nas 27 capitais brasileiras entre os dias 1 e 8 de fevereiro.
A pesquisa também detectou um aumento médio de 70% entre o valor inicial da dívida e o valor final dela – depois de dois anos, após a cobrança de multas e juros pelos credores.
Os atuais inadimplentes declaram que, em média, a dívida inicialmente custava R$ 12.776 (comprometimento de 453% da renda média de R$ 2.822) e que depois das cobranças monetárias passou a custar R$ 21.676 (comprometimento de 768% da renda). “Por isso o consumidor inadimplente deve negociar e pagar o que deve o mais rápido possível para que a dívida não se transforme em uma bola de neve”, explica a economista do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

quarta-feira, 4 de março de 2015

CURIOSIDADES

* O Pedreiro mais musculoso do mundo é brasileiro

* Política de Ilha Grande do Piauí



* O militar aposentado  Irá, ( camisa azul) vai ser candidato a vereador pela cidade de Ilha Grande.
* Irá, muito conhecido na região, tem hoje uma boa reserva de dinheiro para custear sua campanha e conta com o total apoio de sua esposa Fátima.   
* Irá sempre comenta, que só vai se aquietar, quando derrotar  o prefeito Herbert 

Resultado de imagem para marcos do gogo- portal do junnior
* O presidente do PTB, Marcos do Gogô, ainda não cumpriu uma dívida que tem com o advogado
Ayrton Fernandes. O mesmo deve ter esquecido.

Resultado de imagem para marcos do gogo- portal do junnior
* O ex vereador Paulão (camisa vermelha) anda articulando a união de vários grupos, para lançar um candidato a prefeito pelas oposições. Na ideia do ex vereador, Ilha Grande está precisando renovar o poder municipal.


* Marcos do Gogô do P. T. B, sempre reunindo amigos para a discussão sobre uma possível candidatura a prefeito na Ilha.

Resultado de imagem para marcos do gogo- portal do junnior
* Sempre pensativo, o prefeito Herbert Solidão, perdeu o rumo da administração municipal, uma pena, agora é só esperar a renovação do poder.