O SEU JORNAL ON LINE: Email: portaldojunnior.blogspot.com



A SUA VISITA NOS ENGRANDECE

´Email: portaldojunnior@gmail.com

sexta-feira, 23 de março de 2012

BRIGA DE MULHER POR CIÚMES



              FILOSOFIA DO CIÚME


  • Por sua natureza e seus efeitos, o ciúme se aproxima da inveja. Porém, entre ciúme e inveja permanecem algumas diferenças. Na inveja, sentimos que outros possuem um bem que desejamos para nós, enquanto no ciúme defendemos um bem que julgamos nosso e que não desejamos ver partilhado com outrem. (Pierre Charon)
  • Se quem ama adivinhasse o mal que o ciúme faz, não daria falso um passo, nem pra frente e nem pra trás. (provérbio brasileiro)
  • Erram tanto o que suspeita demais quanto o que demais confia. (Diderot)
  • O ciúme é o meio-termo entre o amor e o ódio. (Commerson)
  • No banquete do amor, o ciúme é o saleiro, que ao querer verdadeiro empresta vivo sabor. Advirta-se porém ser erro temperar em demasia. O ciúme, por ser só sal um retrato, se posto demais no prato, não tempera, antes maltrata. (Tirso de Molina)
  • O ciúme traduz o sentimento de propriedade, ao passo que a inveja mostra o instinto de roubo.
    Nenhum amor feneceu em razão do ciúme, pois ele e que faz é juntar um fogo a outro fogo. (Fernandes de Leon)
  • O ciúme manifestado pelo homem quase sempre é infundado e sempre inflama a mulher; o ciúme mostrado pela mulher quase sempre é procedente e jamais inflama o homem. (Severo Catalina)
  • O orgulho tem esquisitices como qualquer outra paixão. Temos vergonha de confessar que sentimos ciúmes mas nos vangloriamos de havermos tido e de sermos capazes de tê-lo. (La Rochefoucauld)
  • Que vida de inferno é a vida do ciumento! Antes não amar do que amar desse modo. (Mantegazza).
  • Ciúmes é medo disfarçado em amor.
  • Para que um bom relacionamento continuar e seja agradável, é preciso não apenas suspeitar prudentemente como ocultar discretamente a suspeita. ( Stendhal)
  • As grandes paixões, aquelas que chegam de repente, sempre trazem consigo as suspeitas. (Cervantes)
  • Deuses imortais! Rogo por mim e por ninguém mais. Que jamais cresça em meu peito um coração que confie num juramento ou numa afeição. (Shakespeare)
  • É o ciúme turbador da tranqüila paz amorosa! Ele é punhal que mata a mais firme das esperanças! (Cervantes)
    Os ciumentos sempre olham para tudo com óculos de aumento, os quais engrandecem as coisas pequenas, agigantam os anões e fazem com que as suspeitas pareçam verdades. (Cervantes)
  • Essa enfermidade a que os amantes chamam de ciúme e a que melhor chamariam desespero raivoso tem por componentes a inveja e o menosprezo. Quando tal enfermidade domina a alma enamorada, não existe ponderação que a sossegue nem remédio que a possa curar. (Cervantes)
  • Um acesso de ciúme pode levar um homem a cometer ações tão indignas, que, uma vez passada a vertigem da suspeita, ele se encontre grandemente envergonhado. (Massillon)
  • Nenhum estado de ânimo desgoverna tanto o viver do homem quanto o ciúme, posto ser ele flecha envenenada que se crava, simultaneamente, no coração do amante e no orgulho do homem. (Massillon)
  • De todas as enfermidades que acometem o espírito, o ciúme é aquela a qual tudo serve de alimento e nada serve de remédio. (Montaigne)
  • Aumentam sempre aquelas suspeitas que levam ao ciúme; e uma vez averiguadas as suspeitas, sempre diminui o amor que as motivou. (Lope de Veja)
  • O ciúme, o receio de deixar, o medo de ser deixado são as dores inseparáveis do declínio do amor. (La Rochefoucauld)
  • Não pode florescer ternura onde vicejar ciúme. (Antonio de Castillá)
  • O ciúme é odioso quando proveniente de alguém que nos desagrada, mas pode até ser agradável quando demonstra as inquietudes de um enamorado que nos cativou e que assim mostra seu apreço. Quanto mais zelo patentear, mais amor nos merece. (Molière)
  • O que torna tão aguda a dor provocada pelo ciúme é que a vaidade não pode ajudar a suportá-lo. (Stendhal)
  • O ciúme jamais está isento de uma ponta de inveja; freqüentemente essas duas paixões estão confundidas. (La Bruyère)
  • O ciúme da mulher ordinariamente nasce do despeito, enquanto o do homem é filho do egoísmo. (Severo Catalina)
  • O ciumento acaba sempre encontrando mais do que procura. (Mme. Scudéry)
  • O ciúme é mistura explosiva de amor, ódio, avareza e orgulho. (Alfonso Karr)
  • Da raivosa paixão que resulta do ciúme, só os ciumentos podem falar adequadamente. E será que mesmo os que a padecem são capazes de explicá-la? Como a devem rotular: loucura furiosa? Inferno confuso? Verdugo do coração? (Quevedo)
  • O ciumento que se encoleriza ante a suspeita de não ser amado é um tirano. Se te arriscas a vir a ser um mau em razão de um prazer, renuncia a esse prazer; se te arriscas a ser um tirano em razão de um amor, renuncia a esse amor. (Silvio Pellico)
  • O amor é forte como a morte; o ciúme é cruel como o túmulo. (Salomão)
  • O ciumento sempre espiona, sempre duvida, sempre sofre; indaga do passado, do presente, do futuro; nas carícias busca a mentira; no beijo procura a indiferença; no amor teme a hipocrisia. (Mantegazza)

Nenhum comentário:

Postar um comentário